quarta-feira, 30 de abril de 2008

COMER OU NÃO COMER EM BERLIM

A Gastronomia berlinense não ficará na memória das minhas papilas gustativas. É tudo muito à base de batatas e eu sou defensora acérrima do arroz. O prato típico – o joelho de porco tem o aspecto da fotografia, mas mesmo assim quis provar. Muito volumoso e gelatinoso, bom para quem gosta. Assim como a cerveja, nunca conheci povo que mais a venerasse. Eu não aprecio.

Fui a um italiano, conhecido pela sua qualidade, mas quem o aconselhou ou não gosta de comida italiana ou nunca a provou. Fui a um outro italiano - Soriso – quem vai à ITB conhece bem. Mas se o outro não era bom, este nem provei a comida, tão mau que era o serviço. Estive 10 minutos para me sentar e mais 20 minutos para tentar obter apenas a lista. Claro que findo este tempo, levantei-me e fui-me embora. Já me imaginava a terminar o jantar à mesma hora que outros iniciariam o seu abastado pequeno-almoço.

Andei mais uns metros e encontrei um restaurante Argentino, belíssimo. Empregados simpáticos, daquele tipo que até nos esquecemos da qualidade da comida e honestamente, o prato que pedi estava uma delicia.
Definitivamente Berlim não prima pela diversidade gastronómica. Ou então fui eu que não tive sorte nas minhas escolhas...

Veja mais em:

1 comentário:

Gi disse...

Boa tarde

interessante o texto sobre o Joelho do Porco. Vou dar uma dica, sugestão de receita do dito à Germanica:

Einsbein - Joelho de porco

Ingredientes:
Joelho de porco
2 joelhos de porco com 600g a 700g cada
3 a 4 folhas de louro
1 ramo de alecrim
1 ramo de coentro ou coentro em grão (a gosto)
1 pedaço de pau de canela
2 litros de água (aproximadamente)
Molho para assar
1/2 xícara (chá) de molho de soja
1 colher (sopa) de glucose de milho ou mel
Chucrute
1kg de chucrut (repolho em conserva)
100g de toucinho moído
1 cálice (pequeno) de vinho branco
1 xícara (chá) de água
2 a 3 folhas de louro
1 colher (sopa) de zimbro ou mostarda em gr
Modo de preparar:
Joelho de porco
Deixe o joelho salgado de molho na água por 1 hora, para sair o sangue e o excesso de sal. Em seguida, numa panela de pressão com água suficiente para cobrir os joelhos, o louro, o alecrim, o coentro, a canela, cozinhe o joelho durante 1 hora, aproximadamente. Sirva com mostarda clara ou escura ou ainda pimenta.

Molho para assar
Misture bem os dois ingredientes e passe no joelho cozido antes de levá-lo ao forno. Leve ao forno médio por 15 minutos e vá regando com o molho.

Dicas: depois de cozido, mergulhe os joelhos em bastante óleo fervente, para "pururucar" (tostar). O joelho de porco a pururuca é servido com compota de maçã ou chucrute.
Chucrute

Lave o chucrute e esprema para retirar a água. Numa panela, derreta o toucinho, refogue o chucrute, mexendo bem. Adicione o vinho, a água, o louro, o zimbro ou a mostarda, tampe e deixe cozinhar em fogo baixo por 10 a 15 minutos (caso seque, coloque um pouco mais de água).

Espero que gostem!
Gi